São Jorge

Ilha de São Jorge, Açores

 

Natureza


Caldeira do Santo Cristo - As fajãs, parte importante na paisagem de São Jorge, surgiram devido a causas naturais como o desabamento de terras, sismos, chuvas intensas ou fluxos de lava que foram ao encontro do mar. A mais conhecida fajã da ilha, e o verdadeiro ex-líbris, é a Caldeira do Santo Cristo. Procurada por surfistas de todo o mundo devido à qualidade de suas ondas, é, também, considerada reserva natural desde 1984 devido a ser o único sítio nos Açores onde se cultivam amêijoas.

Cordilheira Central - Nesta cordilheira encontram-se duas centenas de pequenos cones vulcânicos outrora ativos e que agora dão lugar a pequenas lagoas, charcos e vegetação. Entre eles destaca-se o Pico da Esperança, ponto mais alto da ilha, de onde é possível avistar as ilhas do Faial e Pico na vertente sul e Terceira e Graciosa na vertente norte.

Ponta de Rosais - Considerado como Monumento Natural, esta zona alta localizada no litoral da ilha, e com vista ao Faial, alberga diversas aves marinhas nidificantes, assim como diversas espécies de flora como a urze.

 

Património


Igreja Matriz de São Jorge - Construída no século XVII sobre um antigo templo, foi edificada por ordem do Infante D. Henrique. No seu interior encontra-se um retábulo que se pensa ter sido oferecido por D. Sebastião. Associado à igreja encontra-se o Museu de Arte Sacra de São Jorge, possuidor de uma interessante coleção, incluindo uma pintura em vidro representativa de São Jorge.

Igreja de Santa Bárbara - Expoente máximo da arquitetura religiosa na ilha de São Jorge, a Igreja de Santa Bárbara, situada em Manadas, é um dos mais belos exemplos do barroco nos Açores. Classificada como Monumento Nacional, esta igreja é considerada uma das mais belas dos Açores.

 

Gastronomia


Queijo da Ilha de São Jorge - Produto mais famoso da ilha e provavelmente do arquipélago. Produzido com leite de vaca cru, e com tempo de cura de pelo menos 3 meses, tem um sabor forte e ligeiramente picante. De pasta semi-mole ou dura, apresenta uma cor amarelada e uma forma redonda.

Amêijoas da Caldeira de Santo Cristo - Outro dos produtos exclusivos de São Jorge, podendo apenas ser encontrado na Caldeira do Santo Cristo. Devido a estar condicionada a apanha da amêijoa, este molusco caracterizado por dimensões, sabor e textura únicos apenas pode ser saboreado em alguns locais de restauração.

Espécies - Confecionadas com especiarias como erva-doce, canela e pimenta, as espécies, assumem a forma de ferradura, contendo pequenos buracos que tornam possível a visualização do seu recheio. São o doce mais conhecido da ilha.

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência e segurança durante a navegação. Ao continuar está a aceitar a sua utilização e os Termos de utilização e Privacidade.