Graciosa

Ilha Graciosa, Açores

 

Natureza


Caldeira da Graciosa – Classificada pela UNESCO como Reserva da Biosfera, a Graciosa apresenta paisagens de cortar a respiração, sendo a Caldeira da Graciosa uma delas. Uma vasta cratera vulcânica situada no topo do vulcão da Caldeira, coberta de uma densa vegetação, que proporcionará aos seus visitantes uma excelente vista panorâmica sobre as ilhas Terceira, Faial, São Jorge e Pico.

Furnas do Enxofre – O verdadeiro ex-líbris da Graciosa. Situada no interior da Caldeira, a Furna do Enxofre é uma cavidade em abóbada perfeita com 40 metros de altura. O acesso ao interior é feito através de uma torre construída no início do século XX que conta com 183 degraus feitos em pedra. No seu interior encontra-se um lago de água fria e uma fumarola com lama, responsável pela libertação de gases, recordando a sua origem vulcânica.

Farol da Ponta da Barca – A 71 metros acima do nível do mar, é o mais alto farol dos Açores, permitindo uma fantástica vista sobre o oceano. Do cimo do farol é possível a vista sobre o Ilhéu da Baleia, como o próprio nome indica, uma rocha vulcânica em forma de baleia.

 

Património


Igreja Matriz de Santa Cruz – Com suas origens no final do século XVI, situa-se na área onde viveu o primeiro capitão donatário da ilha. Inicialmente construída em estilo manuelino, mais tarde foi reconstruída e, atualmente apresenta o estilo arquitetónico barroco, conservando em seu interior, ainda, alguns traços manuelinos.

Moinhos de Vento – Considerados os mais bonitos de todo o arquipélago, os moinhos de vento, estilo holandês, marcam a paisagem graciosense. Com cores garridas em seus telhados, portas e janelas, servem hoje em dia como moradia temporária aliando o património ao turismo.

 

Gastronomia


Embora a doçaria assuma maior importância na ilha Graciosa, o peixe fresco é colhido e transformado em deliciosas caldeiradas e assados. A meloa da Graciosa e o alho são produtos de excelente qualidade integrando várias receitas de pratos típicos da ilha.

Os vinhos brancos produzidos em região demarcada são de ótima qualidade, acompanhando frequentemente as deliciosas caldeiradas. Na doçaria, as cavacas, escomilhas, capuchas, pastéis de arroz e encharcadas de ovos farão as delícias dos visitantes. Mas a verdadeira obra de excelência da doçaria graciosense são as Queijadas da Graciosa, inspiradas na receita centenária das covilhetes de leite.

Utilizamos cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação e um serviço mais personalizado. Se continuar a navegar, consideramos que aceita o seu uso. Para não autorizar a sua utilização, por favor utilize as opções do seu browser e altere as definições de cookies. Obtenha mais informações de como alterar as suas definições, consultando a nossa Política de Cookies.

Mais Informações